Biobibliografia


RODERICK NEHONE é o meu pseudónimo literário. Chamo-me Frederico Manuel dos Santos e Silva Cardoso.

Nasci em Luanda, Angola, às cinco e trinta de 26 de Março de 1965, na maternidade Vieira Machado (hoje Lucrécia Paim), na antiga freguesia de Sagrada Família. Meu pai, Frederico da Silva Cardoso, agora write my essay now reformado, foi Enfermeiro-Chefe do antigo hospital São Paulo, hoje Américo Boavida. Minha mãe, Augusta Porfírio dos Santos Cardoso, foi costureira e pasteleira, estando agora reformada desses trabalhos que outrora realizava em casa.

Estudei a primária no colégio José Estevão, em Luanda, no Bairro Precol e os primeiros dois anos da secundária na Escola Preparatória Emidio Navarro, hoje Ngola Mbandi.

Em 1977 fui escolhido para integrar o primeiro grupo de alunos do ciclo preparatório que foi para a Ilha da Juventude, Cuba, dar continuidade aos seus estudos.

Licenciei-me em Direito pela Universidad Central de Las Villas, na cidade de Santa Clara, na República de Cuba em Julho de 1989.

Fui docente na Universidade Agostinho Neto de 1991 a 2004. De 1990 até à presente data tenho exercido funções nos mais diversos níveis ao serviço do Estado angolano.

Fui Vice-Presidente da União dos Escritores Angolanos até Abril de 2016. Nas eleições da União dos Escritores Angolanos desse ano (2016) fui eleito Presidente da Mesa da Assembleia da União dos Escritores Angolanos. Sou igualmente Membro fundador da Academia Angolana de Letras, proclamada a 15 de Setembro de 2016.

Datam de 1982 os meus primeiros poemas e continuei escrevendo até ter decidido, estando já em Angola, enviar uma selecção dos meus poemas ao Prémio António Jacinto de Literatura de 1996, concurso que ganhei com o meu poemário intitulado Génese. Génese é a minha primeira obra publicada. Ainda em 1996 concorri e venci o Prémio SONANGOL de Literatura com os meus contos “Estórias Dispersas da Vida de um Reino”. Voltei a concorrer ao mesmo prémio SONANGOL em 1998 e o meu custom essay service romance “O Ano do Cão” foi a obra vencedora.

Nos anos seguintes publiquei as seguintes obras:

- Peugadas de Musa (Poesia), 2001.

- Tempos sem Véu (Romance), 2003.

- Uma Bóia na Tormenta (Contos), 2008.

- O Catador de Bufunfa (Novela), 2012.

Numa outra dimensão da minha escrita literária decidi criar um herói infantil, o primeiro super-herói angolano, Kid Kamba, que coadjuvado pelos seus amiguinhos Vento-Lento, Fogo-Feio, Água-Brava, Terra-Plena e o cão Kambacito, travam uma luta sem quartel contra a dupla de malfeitores, Vipéria e Purgator, fazendo com que apesar das adversidades os defensores do Bem acabem sempre por vencer as forças do Mal. Assim surgiu a colecção “As Aventuras de Kid Kamba”, no âmbito da qual estão já publicados os seguintes títulos:

- Kid Kamba recupera o quadro roubado.

- Kid Kamba liberta a kianda e salva Luanda.

- Kid Kamba na TV.

- Kid Kamba no dia em que Luanda ficou sem petróleo.

Tenho textos em poesia ou em prosa publicados nas seguintes colectâneas ou antologias:

  • “Todos os sonhos”, Antologia da Poesia Moderna Angolana, de Adriano Botelho de Vasconcelos, União dos Escritores Angolanos (UEA), 2005.

  • “Entre a lua, o caos e o silêncio: a flor”, Antologia da Poesia Angolana, de Irene Guerra Marques e Carlos Ferreira, 2011.

  • “Caçadores de Sonhos”, Colectânea do Conto Angolano, de Adriano Botelho de Vasconcelos, Neusa Dias e Tomé Bernardo, União dos Escritores Angolanos (UEA),2005.

  • “Conversas de homens no conto angolano”, Breve Antologia 1980/2010, de António Quino, União dos Escritores Angolanos, 2011.

  • “Balada dos Homens que sonham”, Breve Antologia do Conto Angolano (1980-2010), de António Quino, União dos Escritores Angolanos (UEA), 1ª Edição 2011,2ª Edição 2012.

  • “Estórias além do tempo”, 42 estórias contadas por escritores angolanos, União dos Escritores Angolanos e Texto Editores, 2014

  • “Kad bi zivot bio takav”, Antologija Angolske Price, de Priredila e Domingas de Almeida, Belgrado, 2011.

  • As if living was like that”, Anthology of the Angolan Tale, de Domingas de Almeida, Jerusalem, 2011.

Algumas das minhas obras foram traduzidas para o inglês, espanhol, francês, alemão, servo-croata e hebraico.

Falo português, espanhol e inglês.

Sem categoria

A good Key System for As to why Is normally Great Hamster now Lead to Seek

Nearly all vets make the most of miniature needles. Is it best to private some doggie along these lines and are also thinking about the actual executed time of day, read more when right now there exist several choices to produce this polished off daytime much less stressful. Occasionally, a...

Galeria de Fotos







Galeria de Videos


Contactos